h1

O delinear do Corpo Teórico

Um dos primeiros passos para a construção de um trabalho de investigação é, antes de mais, a revisão bibliográfica que deve permitir ao investigador, como refere Quivy e Campenhoudt (1998), fazer ligações com a pergunta de partida, encontrar elementos de análise e de interpretação, abordagens diversificadas, períodos de tempo consagrados à reflexão pessoal e às trocas de pontos de vista. Para tal, a problemática deve constituir o princípio da orientação teórica da investigação, permitindo ao investigador delinear uma estratégia de trabalho, estruturar ideias e desvendar os trilhos da investigação que quer realizar. Ao elaborarmos a problemática estamos a definir o quadro conceptual da nossa investigação, particularizando os conceitos fundamentais e as relações que eles têm entre si, bem como o assunto que pretendemos conhecer melhor. Podemos então formular as intenções, o projecto da investigação, tal como Quivy e Campenhoudt (1998) referem, articulando duas dimensões que se constituem mutuamente nele: uma perspectiva teórica e um objecto de investigação concreto, ou ainda, indissociavelmente, um olhar e o objecto desse olhar .

Bibliografia:

QUIVY, Raymond e CAMPENHOUDT, Luc Van (1995). Manual de Investigação em Ciências Sociais. Lisboa: Gradiva

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: