h1

O Bullying no contexto de uma Investigação

Março 17, 2010

O termo bullying é um conceito emergente nas sociedades actuais e é sinónimo de maus tratos ou vitimização entre pares. É caracterizado por três aspectos essenciais: intencionalidade, repetição por parte do agressor e assimetria de poder entre agressor e vítima. O bullying ocorre quando existe perseguição e humilhação prolongada por parte de uma ou mais pessoas que se servem do seu poder para intimidar outros mais fracos.
No caso do bullying a conduta do agressor é contínua, este é mais forte e poderoso do que a vítima. Para além disso, é necessário salientar o episódico do habitual, o bullying cria na vítima a expectativa de poder ser alvo de futuros ataques, suscitando um sentimento de insegurança permanente.
Este e-portefólio apresenta-se como um exemplo de um estudo efectuado no âmbito de uma disciplina de Investigação, tendo por tema, o bullying. Apresentamos uma componente teórica, na qual apresentamos algumas informações relevantes para o nosso estudo e uma componente prática que contempla a hipótese, a metodologia, a estruturação da investigação e o trabalho experimental.
Como pretendemos aprofundar os nossos conhecimentos sobre o bullying e sobre as etapas inerentes a uma investigação, a emergência deste site afigura-se enquanto espaço de partilha de conhecimentos e de recursos. Neste espaço, podemos encontrar as etapas associadas a uma investigação e sugestões de estratégias que os professores/educadores/pais podem adoptar para combater e prevenir o bullying.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: