h1

Método de Análise

            Dada a natureza do problema e da questão orientadora da investigação, que nos remetem para a formação e preparação dos professores, bem como das opções metodológicas/estratégicas dos professores sobre o fenómeno do bullying, optámos por uma abordagem quantitativa e qualitativa dos dados. Esta abordagem mista parece-nos a opção mais adequada para analisar e compreender a problemática do estudo desta questão.

                 A abordagem quantitativa estrutura-se numa técnica de recolha, apresentação e análise de dados que permitem a sua quantificação e o seu tratamento através de métodos estatísticos. Permite que sejam feitas análises estatísticas, atendendo à necessidade de mensuração, representatividade e projecção. A aplicação de métodos quantitativos torna possível estabelecer as prováveis causas a que estão submetidos os objectos de estudo, assim como descrever em detalhes o padrão de ocorrência dos eventos observados.

                 Uma vez que não pretendemos um estudo aprofundado sobre o fenómeno do bullying, a investigação quantitativa dará resposta às nossas hipóteses, estando elas mais relacionadas com o número de ocorrências, com o número de formações ou ainda com o número de vezes que se aplicam determinadas estratégias. Ao inquirirmos todos os professores titulares de turma do concelho de Vila Franca do Campo sobre a sua preparação e formação sobre o bullying, tentamos verificar se estas variáveis têm influência na ocorrência do mesmo.

       No entanto, a abordagem quantitativa não permite uma maior compreensão dos fenómenos, nem tem em conta que os comportamentos e reacções dos inquiridos estão intrinsecamente dependentes daqueles que os rodeiam, bem como do ambiente onde se inserem. A investigação qualitativa, pelo contrário, preocupe-se em descrever o contexto e contextualizar todas as acções e reacções dos participantes na investigação. Por esta razão, optámos por recorrer, como complemento, a uma investigação de carácter qualitativo. Mais concretamente, pretendemos saber que tipos de actualizações sobre o tema fazem os docentes ou que estratégias utilizam na sua sala de aula para prevenir o fenómeno, aspectos que serão analisados de forma qualitativa. Aliás, a importância do estudo das estratégias prende-se com o que foi revisto na literatura acerca da importância das políticas antibullying, onde as estratégias utilizadas para combater o bullying dentro da sala de aula são fundamentais para fazer diminuir o fenómeno.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: